Aromatizantes para deixar a casa com um cheirinho irresistível

Muitas são as opções de aromatizantes para quem deseja ter a casa sempre perfumada. Fazer a melhor escolha, entretanto, é o grande desafio. Varetas, sprays, velas, incensos e outros tantos produtos oferecem vantagens distintas que devem ser bem analisadas antes da compra.

“Os aromatizantes em spray, por exemplo, oferecem praticidade na hora de aplicar. No entanto, após a dispersão do produto as moléculas caem, deixando a propagação menos intensa”, explica Sâmia Maluf, aromaterapeuta. Diferente do que acontece com as varetas, que absorvem o líquido perfumado e mantêm a aromatização por mais tempo.

Apesar disso, escolher o produto ideal vai depender das características de cada espaço. “Em ambientes pequenos, aromatizantes simples como um réchaud de tomada ou uma vela conseguem atender o objetivo; nas demais situações é bom usar aromatizadores elétricos”, afirma Beatriz Azevedo, aromaterapeuta do eSPAço Ki.

Outra dúvida comum é saber a diferença entre essência sintética e óleos essenciais. Para Sandra Spiri, aromaterapeuta da Vida Bothanica, a principal questão a ser analisada é o aspecto terapêutico. “As essências sintéticas oferecem somente perfume, embora sejam mais duradouras por terem fixadores e conservantes em sua composição” diz. “Já os óleos essenciais possuem efeito terapêutico, além do aroma propriamente dito, são naturais e proporcionam sensações relaxantes e até estimulantes”, completa.

Aromatize sem gastar muito

Quem deseja ter a casa cheirosa, mas não quer gastar muito na compra de aromatizantes, pode recorrer a algumas alternativas rápidas e baratas. “Ferver ervas como manjericão, menta, casca de laranja, cravo e canela, e borrifar nos ambientes pode ser uma alternativa interessante”, diz Sandra. Outra saída caseira é fazer um pout pourri com especiarias e folhas secas, ou ainda, deixar uma tigela com pedaços de giz escolar e umas 30 gotas do líquido perfumado nos ambientes.

Na hora de distribuir os aromatizantes pela casa é preciso tomar cuidado para não exagerar na mistura das fragrâncias, principalmente em áreas de grande circulação. Segundo especialistas, o ideal é escolher apenas dois ambientes e tentar estabelecer uma combinação entre os aromas. “O único local em que estes produtos não são indicados é a sala de jantar, pois acabam atrapalhando a gustação”, afirma Sâmia. Para acertar na distribuição dos aromas, veja abaixo algumas dicas:

Quartos: invista em óleos que produzam efeito relaxante. Aposte em lavanda, ylang-ylang, cardamomo e jasmim. “No quarto de estudo, uma boa ideia é usar aromatizantes com limão, hortelã-pimenta e citronela, pois concentram e dão inspiração”, diz Beatriz Yoshimura, aromaterapeuta da Aromalife.

Cozinha: aromas cítricos e adstringentes são muito indicados, pois captam moléculas de gordura do ar e das louças.

Sala de jantar: para aumentar o apetite, nada melhor do que especiarias como cravo, canela, cardamomo e manjericão.

Banheiro: opções refrescantes como hortelã-pimenta, pinhos e eucalipto staigeriana têm poder bactericida e são as mais indicadas para disfarçar odores desagradáveis.

Hall de entrada: se o objetivo for deixar o ambiente mais alegre e tranquilo, aposte em aromas cítricos com toques florais.

Fonte: Delas iG

Anúncios

Sobre SeuLarAqui

O novo portal de imóveis, decoração, reforma e serviços do setor imobiliário. Entre, o lar é seu também! www.seularaqui.com.br
Esse post foi publicado em Dicas e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s