Ano novo, imóvel novo: veja dicas para alugar um imóvel sem surpresas

Para evitar surpresas e despesas extras momentos antes de fechar o contrato de locação de um imóvel, a dica é ter planejamento. Para quem pretende alugar uma casa em 2012, vale a pena também observar algumas recomendações.

Na hora de planejar, o interessado deve levantar informações sobre localização, acessibilidade e despesas mensais. A primeira orientação, da Lello Imóveis, é definir as regiões onde gostaria de morar. Selecione de dois a três bairros, para facilitar a busca, e verifique as opções de acesso, transporte e serviços essenciais, como supermercados, padarias, farmácias, academias e escolas próximas ao local.

Gastos mensais

Deve-se definir também a faixa de preço de aluguel que conseguirá pagar, levando em conta as parcelas do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e o valor mensal do condomínio. A despesa mensal para morar no imóvel é composta por todos esses valores e não apenas pelo aluguel cobrado pelo proprietário.

Portanto, na hora do planejamento, é preciso considerar todos esses elementos e escolher as opções que não comprometam mais de 30% da renda líquida mensal do interessado. “Esse é o limite ideal para que o inquilino possa arcar tranquilamente com as despesas da locação durante os 30 meses de vigência do contrato”, explica Roseli Hernandes, diretora da Lello.

Roseli diz que os que querem alugar um imóvel devem fazer pesquisas prévias, pois o preço do aluguel varia bastante, mesmo entre unidades de padrões similares e localizadas em uma mesma rua. O estado de conservação do imóvel e se está próximo ou não de metrô ou pontos de ônibus são elementos que vão influenciar no valor.

Antes de fechar o contrato de locação, recomenda-se que o locatário visite calmamente o imóvel onde irá morar, observando se há necessidade de reparos e, em caso afirmativo, que negocie com o proprietário eventuais reparos.

A Lello recomenda atenção nesse ponto. Antes de assinar o contrato, deve-se providenciar uma vistoria no local, descrevendo as condições do imóvel antes da locação. Caso o negócio seja intermediado por uma imobiliária, essa tarefa será de responsabilidade dela, acompanhada do locatário.

Garantias

Por fim, o inquilino deve definir com a imobiliária ou com o proprietário qual garantia se enquadra ao seu perfil. Atualmente as garantias mais utilizadas são fiador e seguro-fiança.

O candidato a inquilino deve estar atento à documentação que precisará reunir para efetivar o contrato de locação. Caso seja trabalhador assalariado, serão necessários os três últimos holerites, carteira profissional com registro salarial e atualizações, RG, CPF e cópia do vínculo empregatício anterior. No caso de profissionais liberais, é preciso apresentar comprovação de rendimentos compatível à locação.

Fonte: InfoMoney

Sobre SeuLarAqui

O novo portal de imóveis, decoração, reforma e serviços do setor imobiliário. Entre, o lar é seu também! www.seularaqui.com.br
Esse post foi publicado em Aluguel e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s