Os principais cuidados na compra de imóveis na planta

Comprar imóvel na planta ser uma opção atrativa devido aos descontos quno preço e as facilidades do pagamento estendido. Porém, é importante fique o consumidor fique atento às armadilhas que esse tipo de negócio apresenta.

A advogada Isabel de Almeida Prado Story, sócia-fundadora do escritório Constant Pires e Almeida Prado, de São Paulo, sugere tomar algumas precauções. O comprador deve exigir uma minuta do contrato antes de concretizar o negócio.

É aconselhável, por exemplo, verificar o registro da incorporação no cartório imobiliário da cidade, além de documentos como o memorial de incorporação, que deve descrever em detalhes o imóvel.

Segundo a advogada, é comum compradores se queixarem que havia uma churrasqueira na planta, ou que o banheiro tinha box com duas duchas, por exemplo, apenas para, ao receberem o imóvel, descobrirem que tais itens eram optativos com preço adicional.

Dessa forma, a leitura atenta do memorial é fundamental para evitar surpresas desagradáveis na entrega. É recomendável também pesquisar o nome da construtora e da incorporadora nos cartórios de protestos e distribuidores da Justiça, bem como checar se há reclamações nas entidades de defesa do consumidor como o Procon.

O comprador deve exigir uma minuta do contrato antes de concretizar o negócio, e verificar todos os detalhes sobre forma de pagamento, parcelas intermediárias e entrega das chaves. O contrato deve conter previsão de multa para o caso de atraso na entrega da obra.

Ofertas

A compra de imóvel feita às pressas, para aproveitar ofertas ou brindes, também deve ser feita com cautela. “Isso é uma tática comum utilizada pelas construtoras que não traz qualquer benefício ao consumidor. Um imóvel é um investimento a longo prazo, é preferível gastar tempo para fazer uma compra bem feita do que se arrepender mais tarde”, afirma Paula.

Para evitar problemas mais tarde, ressalta a advogada, é prudente guardar todos os materiais de propaganda a respeito do imóvel. “Não se deixe intimidar pelo discurso de corretores e vendedores”, recomenda a especialista. “Saiba que não é absurdo exigir multas pelo atraso na entrega da construção, por exemplo. Negocie.”

Com informações da coluna de Ricardo Gallo, do iG

Via O Dia/RJ

Anúncios

Sobre SeuLarAqui

O novo portal de imóveis, decoração, reforma e serviços do setor imobiliário. Entre, o lar é seu também! www.seularaqui.com.br
Esse post foi publicado em Dicas, Imóveis e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s