Como usar cor na decoração

Conforto e estilo
A maioria das pessoas investe em tons neutros na decoração. É o clássico e o mais seguro. Mas agora que a cor está na moda, aproveite a base neutra para ressaltar uma única peça colorida. É uma forma de criar contraste sem erro. “A regra para o uso das nuances é simples: as escuras diminuem o espaço, enquanto as claras – como o verde da poltrona – dão a impressão de amplitude”, ensina o arquiteto Maurício Nóbrega. A peça colorida torna-se o foco da atenção no ambiente, então escolha-a com cuidado.

Fora do comum
Que tal transformar a lavanderia, geralmente o cantinho mais sem graça e bagunçado da casa, em um espaço cheio de charme e personalidade? As arquitetas Adriana e Gisela Falcão decidiram sair do lugar-comum usando as cores laranja e preta nos móveis e objetos. “Nem parece uma área de serviço. O colorido acrescentou modernidade ao ambiente e trouxe um novo significado para a bancada e também para o painel”, enfatiza Adriana. Se você pretende remodelar um cômodo pequeno, fica a dica: o ideal é fazer um contraponto das cores fortes dos móveis com pastilhas, cerâmicas, pedras, vidro ou papel de parede de tons neutros.

Ousadia liberada
A clássica penteadeira – móvel muito usado no início do século passado, facilmente encontrado em feiras de antiguidade – ganha ares contemporâneos coberta por uma tinta vermelho vivo brilhante. A peça dá um toque superfeminino ao quarto. De acordo com o arquiteto Carlos Motta, o segredo para criar um espaço harmonioso usando cor é escolher um tom complementar, que case bem com outras nuances. Quem não tem medo de inovar também pode coordenar tonalidades vibrantes com uma estampa psicodélica preta e branca, como a que aparece no assento da cadeira de inspiração retrô. Esse mix inusitado garante um ambiente muito charmoso e moderno.

Sonhando acordada
A arquiteta Andrea Machado trouxe mais energia ao quarto do casal contrapondo o verde luminoso à sobriedade das paredes e do piso de madeira. “O resultado é um ambiente jovem e irreverente. Para que a tonalidade vibrante não comprometa o sono, reserve-a para um local fora do campo de visão, como a cabeceira da cama, por exemplo”, diz.

Mistura fina
Para dar vida a esta sala de jantar, o arquiteto Jairo de Sender investiu no mix de cores complementares. Veja como a mesa uva, de estilo clássico, combina perfeitamente com as cadeiras Luís XIV forradas com um tecido verde (luxo!). Outra forma de trazer graça ao ambiente sem cometer exageros é combinar móveis e objetos de nuances parecidas.

Via M de Mulher

Sobre SeuLarAqui

O novo portal de imóveis, decoração, reforma e serviços do setor imobiliário. Entre, o lar é seu também! www.seularaqui.com.br
Esse post foi publicado em Decoração, Dicas e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s